bambina.jpg

SENS INTÉRIEUR BRUT

Merano, Itália

LA BAMBINA IMPERTINENTE  | 20  min

Uma viagem através da sombra de nós mesmos, uma morte e um renascimento. Uma tentativa de transformar a escuridão em amor. O solo "La Bambina Impertinente", escrito e interpretado por Francesca Ziviani, articula sua pesquisa em torno do ritual. Criar suas próprias regras, para expandir seus próprios ritos que, através de gestos, palavras, atitudes, canções e danças, nos permitem domar e transformar as forças que nos ultrapassam. 
Para conectar-se com o poder interior de alguém: a sua sexualidade, a sua sombra, a terra, o poder do sangue para expressar nossos desejos mais apaixonados e impertinentes. 
O movimento que me interessa é aquele que acontece apesar de nós, que brota. Para permitir que se expresse livremente, é preciso estar em sintonia com o nosso ritmo mais íntimo.    

Classificação:  10 anos

Créditos:
Concepção: Ziviani Francesca 
Assistente artístico: Sébastien Ledig 
Direção Musicaç: Ziviani Francesca 
Interpretação: Ziviani Francesca 
Iluminação: Jeremy Koujoumdjian 
Regard Expérieur (olhar de fora): Jeremy Kouyoumdjian e Charles Catherine    
Produção: Sens Intériuer Brut
Co-produção: CCN de Roubaix-Ballet du Nord,
Com o apoio do Point Ephémère em Paris, MJC de Colombes, CCN2 de Grenoble e CDC Pacifique em Grenoble.